quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Então...? Levy pensou o que? Que a sua mesa de trabalho continuava na sede do Bradescão? Hehehe...Ninguém comenta, mas o Bradesco mantém a "Cidade de Deus", uma instituição destinada a formar mão-de-obra escrava para o Banco sob a égide das convicções religiosas de seu fundador, Amador Aguiar, também um dos grandes incentivadores da Ditadura no Brasil.
Indignada!!  



Mineração em Paracatu 
http://brasil.elpais.com/brasil/2015/05/25/politica/1432561404_705347.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário