quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

21\01\2016

Agora falando sério...
A manutenção da taxa de juros está sendo comemorada: um fio de esperança? Mas os deuses que se denominam anonimamente, o Mercado, desaprova e ameaça com seus raios da ira. E a imprensa criminosa vai desempenhando o seu papel. Quer implantar, pela força da repetição, a mentira avalizada pela tática do fato consumado: reclama da intervenção do Governo nas decisões do Banco Central, como se de uma vez por todas esse órgão governamental fosse independente. Não basta a autonomia que se permite ao BC, o que não se confunde com independência. Essa independência seria clara e ostensivamente anticonstitucional, submetendo a vontade do povo, através de quem este elegeu para governar, aos interesses nojentos da Banca Internacional e da Máfia.
Um Ministério da Justiça competente, exigiria a retificação das linhas tortas de O Estado de São Paulo, um jornal que já teve sua seriedade arcaica,e cada vez mais se aproxima da Folha da família Frias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário