terça-feira, 29 de novembro de 2016

28\11\16

por Maria Fernanda Arruda, colunista política do Cafezinho
Até o momento, ocupam o palco as figuras de Michel, Geddel, Calero e mais alguns de menor expressão. O enredo é tímido e pequeno: o apartamento ganho por Geddel, para permitir a agressão torpe à paisagem e aos baianos,protegido pelo presidente Michel Temer, com ameaças sibilinas, pequenas e vulgares. O suficiente para que seja preso, pelo crime que cometeu. Porém...Não se trata apenas de um empreendimento imobiliário,uma torre que dê sombra às praias e às construções reconhecidas como Patrimônio Histórico. Trata-se do projeto miliardário de ACM Neto,à fim de modernizar e branquear a linda Salvador, desencadeando um programa de reconstrução da cidade com os projetos de mega-especuladores imobiliários. Para o sucesso desse intento, os caciques da política baiana, sob comando do DEM, vinham manipulando o IPHAN da Bahia, através de seu superintendente. E tudo isso com o apoio do Presidente.
São muitos os políticos, empresários e burocratas envolvidos: que ocupem o palco, promovendo uma apoteose final, grandiloquente, mostrando que PSDB e Centrão podem se unir com o objetivo comum de varredura do Planalto, entregando o poder à "máfia do petróleo. Está mais que óbvio!

------------------------

http://www.correiodobrasil.com.br/uma-corrente-da-felicidade-abel-braga-barjas-negre-e-jose-serra/

Nenhum comentário:

Postar um comentário