segunda-feira, 8 de maio de 2017


PLEONASMO

Pode parecer redundância falar que anão moral pensa pequeno. Mas, infelizmente, é o que se passa. O golpe manipulado e consumado
com a paradoxal contribuição de seres ligados à Justiça, principalmente do STF que protege o Mussolini de Curitiba, fez muito barulho e repetiu o 'parto da montanha' - saiu da vagina togada um anão cujos vagidos revelam um pequeno camundongo.   Qual o rato que ruge, "quer ser o presidente responsável por grandes reformas..." Já sai de pressuposto enganoso por ser 'presidente' pró-forma já que mero usurpador e fantoche, sob consentimento canalha dos manipuladores.  Mas que reformas propõe?  Isso de fazer projeto sob minuta de FIESP e dos EUA para manipulação e escravização não pode ter título de reforma já que é intuito usado e abusado desde a idade média pelos senhores das glebas. Sua pretendida retirada de direitos nas áreas do direito trabalhista e previdenciário são criminosas. Nunca poderiam sequer ser examinadas pelos beócios golpistas por fundamentos de ordem moral. Ferem a Constituição do país e o bom senso.  Seriam, talvez, objeto de um plebiscito, desde se procedesse com honestidade (difícil no quadro de juízes) na informação eleitoral que o organizasse. Nunca, como disse, sob forma unilateral de quem não possui credencial para a propor por ter suspeição de origem, de conduta (traidor+golpista), e de passado de informante dos EUA. A redução de direitos dos trabalhadores, que indubitavelmente os humilhará e lhes reduzirá em suas  perspectivas, seria comparável a historieta do cavalo inglês , que queria provar que podia criar seu animal acostumando-o sem ter comida...até que o matou em sua experiência! Só que na historieta isso se faz com submissão de um ser individual.  Quando se trata de uma coletividade a coisa muda de figura.  Embora reconhecido o grau de desinformação cultural e política da sociedade, estamos na era de crescente meios de comunicação e, comunicação é sem duvida forma de aculturação e educação. É onde prosperam maldades como influência de globo e caudatários, mas há a contrapartida de mais meios de transmissão de ideias e de informação.  Além, pois, da informação dos mais experientes pais e irmãos, haverá a conscientização geral por esse meio. O resultado será inexorável - de lutas e de reivindicação de retorno e ou mais!  O anão está plantando ventos e a tempestade virá! Poderá ele com sua mente de capacho entregar nossas riquezas (pré-sal e outras), tal como já fez o nefasto FHC, mas o espírito cambaleante da sociedade tende a se firmar. E iremos todos lutar por uma dignidade ora desprezada.  O sofrimento que se está causando deverá gerar a sabedoria que nos guiará e daremos ao anão seu lugar na História - de traidor e reles capacho que serviu a propósitos de veias togados que em ação vil se prestaram a servir inimigos do Brasil. Já que a sociedade assiste, pasma, a preguiça dos fardados e mais elementos como os da cultura ou pretensa intelectualidade, caberá a todos os que de fato são os construtores do pais porque trabalham, assumir a luta.



    Nenhum comentário:

    Postar um comentário